Tag: A Diferentona

Olá, Criativos! No mês de outubro o grupo Book Club elaborou uma tag super legal que eu não havia respondido por conta das várias blogagens coletivas de Halloween, mas agora cá estou eu, para mostrar que sou “diferentona”!

 

Só eu que li?

Um livro que a maioria das pessoas desconhece, mas você leu

tigre3

Kelsey Hayes perdeu os pais recentemente e precisa arranjar um emprego para custear a faculdade. Contratada por um circo, ela é arrebatada pela principal atração: um lindo tigre branco. Kelsey sente uma forte conexão com o misterioso animal de olhos azuis e, tocada por sua solidão, passa a maior parte do seu tempo livre ao lado dele. O que a jovem órfã ainda não sabe é que seu tigre Ren é na verdade Alagan Dhiren Rajaram, um príncipe indiano que foi amaldiçoado por um mago há mais de 300 anos, e que ela pode ser a única pessoa capaz de ajudá-lo a quebrar esse feitiço. Determinada a devolver a Ren sua humanidade, Kelsey embarca em uma perigosa jornada pela Índia, onde enfrenta forças sombrias, criaturas imortais e mundos místicos, tentando decifrar uma antiga profecia. Ao mesmo tempo, se apaixona perdidamente tanto pelo tigre quanto pelo homem.

 

Só eu que não gostei?

Um livro aclamado, menos por você

139d8b7930dcc258

Quando Isabella Swan se muda para a melancólica cidade de Forks e conhece o misterioso e atraente Edward Cullen, sua vida dá uma guinada emocionante e apavorante. Com corpo de atleta, olhos dourados, vez hipnótica e dons sobrenaturais, Edward é ao mesmo tempo irresistível e impenetrável. Até então, ele tem conseguido ocultar sua verdadeira identidade, mas Bella está decidida a descobrir seu segredo sombrio.

 

Só eu que vi apenas o filme?

Um livro que você quer muito ler, mas só assistiu ao filme

duff-capa

Bianca Piper não é a garota mais bonita da escola, mas tem um grupo leal de amigas, é inteligente e não se importa com o que os outros pensam dela (ou ela acha). Ela também é muito esperta para cair na conversa mole de Wesley Rush – o cara bonito, rico e popular da escola – que a apelida de DUFF, sigla em inglês para Designated Ugly Fat Friend, a menos atraente do seu grupo de amigas. Porém a vida de Bianca fora da escola não vai bem e, desesperada por uma distração, ela acaba beijando Wesley. Pior de tudo: ela gosta. Como válvula de escape, Bianca se envolve em uma relação de inimizade colorida com ele. Enquanto o mundo ao seu redor começa a desmoronar, Bianca descobre, aterrorizada, que está se apaixonando pelo garoto que ela odiava mais do que tudo.

 

Só eu que não li nada dele(a)?

Um autor famoso de quem você nunca leu um livro

b683f7509ec792c3e481ead332940cdc

Stephen King era um leitor fanático dos quadrinhos EC’s horror comics incluindo Tales from the crypt, que estimulou seu amor pelo terror. Na escola, ele escrevia histórias baseadas nos filmes que assistia e as copiava com a ajuda de seu irmão David. King as vendia aos amigos, mas seus professores desaprovaram e o forçaram a parar.

 

Só eu que gostei do malvado?

Um livro com um vilão (ou não-herói) pelo qual você torceu mais do que pelo mocinho

neihzjmqg6sjlk_1_1

Desta vez, Harry Potter foi encarregado de uma tarefa obscura, perigosa e aparentemente impossível: localizar e destruir os Horcruxes remanescentes de Voldemort. Potter nunca esteve tão sozinho nem teve de enfrentar um futuro tão sombrio. Porém, de algum modo, Harry deve encontrar dentro de si próprio a força para completar a tarefa que lhe foi dada: ele deve sair do ambiente acolhedor e seguro da Toca para seguir sem temor nem hesitação pelo inexorável caminho que lhe foi traçado…

 

Só eu que acho que panela velha é que faz comida boa?

Um livro já desgastado, mas que você ama.

volume-34-as-mil-e-uma-noites

“As Mil e Uma Noites” não é uma obra elaborada unitariamente, por um só autor. Ela se formou lentamente, e pode ser considerada como parte do folclore islamita. É obra árabe, apesar de sua origem diversificada. Posteriormente foi traduzida em várias línguas, espalhando-se pelo mundo todo. Constituem as histórias de “As Mil e Uma Noites” contos maravilhosos e de aventuras, de amor e de intrigas de namorados, romances de viagens, lendas fantásticas cheias de crueldade, cenas de zombarias contra judeus e cristãos, fábulas. Estando, portanto, na esfera das lendas, “As Mil e Uma Noites” ainda fascinam pela grande fantasia de sua narrativa.

 

Só eu que leio nacionais?

Um autor nacional que você adora

mau-de-sousa

Mauricio de Sousa é um dos mais famosos cartunistas do Brasil, criador da “Turma da Mônica” e membro da Academia Paulista de Letras. Filho de Antônio Mauricio de Sousa (poeta e barbeiro) e de Petronilha Araújo de Sousa (poetisa). Mauricio de Sousa começou a desenhar cartazes e ilustrações para rádios e jornais de Mogi das Cruzes, onde viveu. Procurou emprego em São Paulo, como desenhista, mas só conseguiu uma vaga de repórter policial na Folha da Manhã. Passou cinco anos escrevendo esse tipo de reportagem, que ilustrava com desenhos bem aceitos pelos leitores. Mauricio de Sousa começou a desenhar histórias em quadrinhos em 18 de julho de 1959, quando uma história do Bidu, sua primeira personagem foi aprovada pelo jornal. As tiras em quadrinhos com o cãozinho Bidu e seu dono, Franjinha, deram origem aos primeiros personagens conhecidos da era Mônica.

 

Só eu que amo clássicos?

Um livro clássico que você gostou

3825

A bela cidade de Verona tem duas famílias inimigas: os Montéquio e os Capuleto. O ódio que sentem é tão grande que, basta eles se encontrarem pelas ruas da cidade, começam logo uma briga… Mas quando Romeu Montéquio conhece Julieta Capuleto o amor à primeira vista pega os dois de surpresa. O amor deles é intenso, verdadeiro, proibido e os leva a um fim trágico.
Esta maravilhosa peça de William Shakespeare é tão importante hoje quanto na época em que foi escrita, há 400 anos. É sem dúvida, sua obra mais conhecida e tem diálogos mais famosos. A adaptação em quadrinhos de Romeu e julieta capturou toda a emoção e tragédia da eterna história de amor contada pelo Bardo.

 

Só eu que li antes de virar filme?

Um livro que foi/vai ser adaptado para o cinema e você leu antes

divergente-veronica-roth-rocco-editora-ml

Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em cinco facções – Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição – e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto. A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é. E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.

 

Só eu que odiei o protagonista?

Um personagem principal que você odiou

melancia-marian-keys

“Melancia” é um romance sobre a arte de manter o bom humor mesmo nos momentos mais adversos. Com 29 anos, uma filha recém-nascida e um marido que acabou de confessar um caso de mais de seis meses com a vizinha também casada, Claire se resume a um coração partido, um corpo inteiramente redondo, aparentando uma melancia, e os efeitos colaterais de gravidez, como, digamos, um canal de nascimento dez vezes maior que seu tamanho normal! Nada tendo em vista que a anime, Claire volta a morar com sua excêntrica família: duas irmãs, uma delas obcecada pelo oculto, e a outra, uma demolidora de corações; a mãe viciada em telenovelas e com fobia de cozinha; e o pai, à beira de um ataque de nervos. Após passar alguns dias em depressão, bebendo e chorando, Claire decide avaliar os prós e os contras de um casamento de três anos. É justamente nessa hora que James, seu ex-marido, reaparece. Claire irá recebê-lo, mas lhe reservará uma bela surpresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A Autora

Prazer, Bianca “Bia” Caroline, tenho 22 anos, sou Carioca e estudante de Biblioteconomia (e jornalismo nas horas vagas). Por aqui vocês vão ver algumas resenhas e dicas de coisas que eu gosto, como filmes, séries, livros, música e um pouquinho sobre mim, além de alguns posts especiais feitos com muito amor para todos os públicos.

Skoob